Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Eles vão matar-te”, “vamos apanhar-te e vais ver o que te vai custar”. Fernando Gomes revela ameaças a árbitros na Assembleia da República

Um dos temas da sessão na Assembleia da República foi a crescente tensão desportiva e o clima de violência que se vive no futebol português. O dirigente desportivo achou por bem divulgar algumas das ameaças aos árbitros já recolhidas este ano para ilustrar o seu ponto

Expresso

Partilhar

“Se tiveres filhos cuidado seu mouro de m***.”

“O roubo de ontem vai te ficar caro seu filho duma grande p***.”

“Meu ****! Hoje vais arbitrar o teu ***! Tem juízo, se não vais ter com o Paraty, fdp!”

“Vai te correr mal.”

“Vais-te assustar o ****. Eles vao te matar pah.”

“Filho duma grande p***.”

“Vamos-te apanhar e vais ver o que te vai custar.”

Estas foram algumas das ameaças, recebidas através de mensagens de telemóvel, que já foram feitas esta temporada aos árbitros portugueses, revelou - ipsis verbis - Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, esta quarta-feira na Assembleia da República.

Fernando Gomes esteve na Assembleia da República para ser ouvido na sequência de requerimentos feitos na comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto por PS, PSD e BE.

Um dos temas da sessão foi a crescente tensão desportiva e o clima de violência que se vive no futebol português. Durante esta, o dirigente desportivo achou por bem divulgar algumas das ameaças aos árbitros já recolhidas este ano para ilustrar o seu ponto.