Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Lewis Hamilton tetracampeão na F1, a vida de Chainho e vão duas vitórias seguidas para Miguel Oliveira

Miguel Oliveira conquistou o Grande Prémio da Malásia, em Moto2

Expresso

Mirco Lazzari/Getty

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta segunda-feira:

Serviu às mesas e lavou carros. Hoje é tetracampeão. Este é Lewis Hamilton, o homem que mudou a face da Fórmula 1

Sem passado familiar ligado aos motores ou milhões no banco, Lewis Hamilton chegou à Fórmula 1 à custa de um misto de suor, talento e ambição. Em miúdo, quando percorria a Inglaterra com pai nas provas de kart com o pai, Anthony, eram "a família negra mal amanhada". Na escola chegou a sofrer de bullying. Nada disso parou Hamilton, piloto, pop star, que este domingo conquistou pela quarta vez o título mundial, ultrapassando o ídolo Ayrton Senna e confirmando que é o mais talentoso (e carismático) da sua geração

Mais AQUI.

Chainho: “Sempre me safei. Em miúdo, ia à Feira da Ladra regatear e vender coisas das minhas vizinhas que precisavam de dinheiro”

Carlos Narciso Chainho, mais conhecido por Pelé entre amigos e familiares, vai para o terceiro nível do curso de treinador e não tem dúvidas de que um dia cumprirá o sonho de ser técnico principal. Amante de música e de karaoke, conta como aprendeu a treinar duro no FCP e explica porque o maior de sempre é Maradona. Mas ídolo, só tem um, o pai, que continua a ser o seu maior amigo

Mais AQUI.

Ralis: Sébastien comeu tudo, tudo, tudo outra vez. Pela quinta vez

O francês sagrou-se pentacampeão do mundo de ralis no Reino Unido. É o segundo melhor de sempre, atrás de outro Sébastien (Loeb), com nove títulos

Mais AQUI.

E vão duas vitórias seguidas para Miguel Oliveira

O português conquistou o Grande Prémio da Malásia, em Moto2, prova que consagrou o novo campeão do mundo da categoria: o italiano Morbidelli

Mais AQUI.

FPF critica os debates televisivos mas nunca falou com a ERC - as queixas são dos telespectadores

Pesidente da FPF apelou à intervenção do regulador dos media no conjunto de programas de debate que "não contribui para um melhor futebol". Mas aos serviços da ERC ainda não chegou qualquer pedido da Federação ou da Liga. Queixas que têm sido apresentadas por telespectadores foram quase todas arquivadas

Mais AQUI.

Um camaronês, um maliano e um argelino entram num bar e... vocês já sabem o resto

Onde se recupera aquela história de Sampaoli que um dia Jorge Simão citou a propósito da posse de bola. O FC Porto de Sérgio Conceição ganhou por 3-0, com golos de Aboubakar, Marega e Brahimi, depois de uma primeira-parte em que dividiu o jogo com o Boavista de Jorge Simão

Mais AQUI.

Ele, happy

Há menos de uma semana, Bas Dost estava a dar os primeiros toques de português, em direto. Agora resolveu com a cabeça um jogo em que o Sporting teve menos bola, rematou menos e foi, muitas vezes, quase dominado pelo Rio Ave. Mas ganhou (0-1) num campo difícil porque a equipa que lá mora gosta de jogar futebol

Mais AQUI.

El camí es fa caminant, não é verdade?

O Benfica ganhou (1-0) ao Feirense e isso foi o melhor que os encarnados conseguiram retirar deste jogo sensaborão: o resultado. Porque a exibição foi, a espaços, deprimente, tal como outras no passado recente em que a equipa marca primeiro para depois se ir abaixo, Mas, pronto, o que conta são os três pontos e o caminho continuará a fazer-se caminhando - ou el camí es fa caminant, como dizem na Catalunha, um lugar que também está metido no meio de uma confusão

Mais AQUI.

Manchetes do dia

A Bola: “Novo patrão em Old Trafford”. Rúben Dias vai comandar a defesa do Benfica, na ausência de Luisão

Record: “Não há varinha mágica.” Rui Patrício em entrevista

O Jogo: “Sérgio já marcou 29 golos.” Travão às saídas de Aboubakar e Marega garante época goleadora até agora