Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Quase a meio da época, PSG já tem dez pontos de vantagem sobre o segundo na liga francesa

Passadas quinze jornadas, o PSG tem 41 pontos, mais dez do que o novo segundo classificado, o Marselha

Lusa

CHRISTOPHE SIMON

Partilhar

O Paris Saint-Germain ampliou na quarta-feira a diferença para o segundo classificado da liga francesa de futebol, com a estrela brasileira Neymar a justificar o ‘chorudo’ ordenado no triunfo por 2-0 frente ao Troyes.

Quando pisou o relvado do Estádio dos Príncipes, em Paris, o PSG sabia que, em caso de vitória, sairia da 15.ª jornada com a ‘concorrência’ a uma distância ainda maior, depois de o Lyon ter perdido com o Lille (1-2) e de o Mónaco, próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, ter sido derrotado pelo Nantes (0-1).

Contudo, diante do discreto Troyes, o líder do campeonato francês teve sérias dificuldades para desfazer o resultado inicial, com Cavani a falhar uma grande penalidade aos 41 minutos.

Foi preciso esperar pelos 73 minutos para que o jogador mais caro da história do futebol mundial resolvesse o impasse: o brasileiro agarrou a bola, que sobrou de um ressalto, e, de fora da área, rematou rasteiro para o golo.

Mas o ‘show’ Neymar não tinha terminado, já que, aos 90 minutos, o avançado assistiu o seu alegado ‘querido-inimigo’ Cavani para o segundo golo.

O brasileiro valeu assim os três pontos ao PSG, que soma agora 41, mais dez do que o novo segundo classificado, o Marselha.

Os marselheses, que venceram o Metz por 3-0, ultrapassaram o Lyon, que é terceiro com os mesmos 29 pontos do Mónaco.

O Troyes desceu ao 13.º posto, com 18 pontos conquistados em 15 jornadas.