Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Leonardo Jardim: “No futebol dizer quem merece é sempre difícil de avaliar. Quem tiver a melhor prestação vai se qualificar”

Leonardo Jardim, que já não tem aspirações na Liga dos Campeões, competição, afirmou que irá dar oportunidade aos jovens jogadores do plantel no jogo com o FC Porto

Lusa

Reuters Staff

Partilhar

O treinador do Mónaco, o português Leonardo Jardim, confirmou na terça-feira que vai apresentar uma equipa "com muitas alterações" na partida frente ao FC Porto, da sexta jornada do grupo G da Liga dos Campeões de futebol.

O técnico da formação monegasca, que já não tem aspirações nesta competição, afirmou que irá dar oportunidade aos jovens jogadores do plantel neste desafio.

“Só darei o ‘onze’ amanhã, mas, em relação ao último jogo [na liga francesa] posso dizer que vai haver cinco trocas, até porque só temos 17 jogadores disponíveis no momento. Temos muitos jogadores jovens que precisam deste nível de experiência, jogando contra uma grande equipa e num estádio cheio”, disse Leonardo Jardim.

O técnico luso espera que essas premissas possam servir de motivação para a sua equipa, explicando os motivos de uma carreira menos conseguida do Mónaco esta temporada, tanto nas competições europeias, como no campeonato francês.

“Em relação ao ano passado, o Mónaco é outra equipa, pois ficou sem metade dos seus jogadores. Se isso acontecesse em qualquer outra equipa, como Real Madrid, Chelsea, FC Porto ou Benfica, certamente que a sua performance desportiva também seria afetada”, analisou.

Jardim considerou que tal é “apenas mais um ciclo num projeto do clube”, lembrando que na época passada foi às meias-finais da Liga dos Campeões, e esta temporada já está eliminado das competições europeias. “Tenho de aceitar, já sabia que este é o projeto do Mónaco”.

Em relação a qual, FC Porto ou Leipzig, tem as melhores condições para acompanhar o Besiktas no apuramento à fase seguinte da prova, disse que tudo está em aberto.

“No futebol dizer quem merece é sempre difícil de avaliar. Quem tiver a melhor prestação vai se qualificar. Tirando a nossa prestação, que não contava, sempre disse este grupo seria muito equilibrado, com equipas de qualidade e experiência”, analisou o treinador português.

Desafiado a analisar as prestações de FC Porto, Benfica e Sporting esta temporada, disse que as três “no campeonato são equiparáveis, apesar de pequenas diferenças”, mas que o Benfica está a ser penalizado em termos de rendimento pelas vendas que fez.

“Nas competições europeias o Benfica não conseguiu estar ao nível de anos anteriores, mas também foi a equipa que vendeu mais, e isso retira performance”, analisou.

O Mónaco joga esta quarta-feira no estádio do Dragão, frente ao FC Porto, em jogo da sexta jornada do grupo G da Liga dos Campeões, agendado para as 19:45, e que será arbitrado pelo sueco Jonas Eriksson.