Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Tempestade Aboubakar, o sorteio da Champions e a vida Luís Boa Morte

Em noite de tempestade, o FC Porto foi um vendaval que passou por Setúbal, batendo um muito fragilizado Vitória por 5-0

Expresso

getty

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta segunda-feira:

Falta pouco para o sorteio dos 'oitavos' da Champions. Eis tudo o que precisa de saber sobre o futuro europeu do FC Porto

Das três equipas portuguesas na fase de grupos da Liga dos Campeões este ano, só o FC Porto sobreviveu. Com um plantel magro em possibilidades, os dragões cuspiram fogo e suor. Uma série de exibições de luxo conquistou o lugar devido. Esta segunda-feira, pelas 11 horas, realiza-se o sorteio dos oitavos de final. Fique a saber o que esperar

Mais AQUI.

Adversário para Aboubakar? Só mesmo a Ana

Em noite de tempestade, o FC Porto foi um vendaval que passou por Setúbal, batendo um muito fragilizado Vitória por claros 5-0. Aboubakar marcou três, já leva 20 na temporada e Marega completou a mão-cheia de golos, que coloca os dragões de novo na liderança do campeonato

Mais AQUI.

Cai neve em Manchester, faz sol para o City

Num intenso e emocionante dérbi de Manchester, foi o City de Guardiola a acabar a sorrir, ao vencer o United por 2-1 em pleno Old Trafford. A equipa de Mourinho fica assim já a longínquos 11 pontos dos vizinhos e rivais, cada vez mais primeiros, cada vez mais perto do título

Mais AQUI.

Mathieu & Dost, sociedade em nome coletivo de distribuição de golos

O Sporting venceu o Boavista por 3-1 num jogo em que passou 45 minutos desaparecido, mas emendou a mão com uma 2.ª parte de grande nível e em que a colaboração entre o central francês e o avançado holandês deu frutos. O leão dorme líder isolado, à espera do resultado do V. Setúbal-FC Porto de domingo

Mais AQUI.

Como tratar da saúde a um Estoril de peito feito mas pouco agasalhado

A equipa da Linha chegou ao Estádio da Luz com vontade de arriscar e surpreender o Benfica, mas os erros defensivos foram fatais, num jogo quase sempre nervoso e aberto que os encarnados venceram por 3-1

Mais AQUI.

Luís Boa Morte: “Fui ajudante de eletricista, nas obras. Acordava às seis da manhã, ia com o farnel atrás e aquecia o comer na fogueira”

Apesar de ter nascido em Lisboa, durante anos pensaram que não tinha documentos portugueses e por isso não era chamado à seleção, Passou 17 anos em Inglaterra, diz-se organizado e considera vergonhoso o que se está a passar no futebol português. Confessa também que já não vai aguentar muitos anos como observador do Arsenal, até porque o que quer mesmo é ser treinador de seniores

Mais AQUI.

Bola de Ouro, vitória e pausa na seca de golos: não foi uma má tarde de sábado para Cristiano Ronaldo

No dia em que mostrou a 5.ª Bola de Ouro ao Santiago Bernabéu, o capitão da Seleção Nacional marcou duas vezes na goleada do Real Madrid ao Sevilha por 5-0

Mais AQUI.

Jaime Pacheco: “O Svilar pode vir a ser o melhor do mundo, mas foi para a baliza de fraldas. Aos 20 anos, nem um filho meu punha à baliza”

Aos 59 anos, o treinador que ousou derrubar a ditadura dos três grandes sagrando-se campeão nacional pelo Boavista está desempregado há seis meses e prestes a embarcar em nova aventura para a China. Conta à Tribuna Expresso que não se arrepende de ter recusado ir para o Sporting e Benfica após o título em 2001, nem sente desgosto por nunca ter sido convidado a treinar onde conheceu a glória europeia como jogador. Sábado, deve ir ao Bessa assistir ao jogo da equipa de Jorge Jesus, de quem não é um apaixonado, embora reconheça que é bom treinador. Jaime Pacheco atribui o favoritismo aos leões, é avesso a estatísticas e deseja dizer no final da época que, afinal, o melhor treinador para o FC Porto é mesmo Sérgio Conceição

Mais AQUI.

Manchetes do dia

A Bola: “Tempestade africana”. Aboubakar e Marega imparáveis

Record: “Vendaval”. Dragão arrasador

O Jogo: “À prova de bala”. Dragões respondem ao desafio do Sporting