Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Benfica “caça” por conta própria pessoas que fizeram download dos e-mails de Pedro Guerra

O Benfica dá o prazo de 10 dias para que os e-mails sejam apagados, caso contrário promete avançar com processos judiciais

Expresso

Luís Filipe Vieira é presidente do Benfica desde 2003/04

DR

Partilhar

Quando um clube não tem cão, caça com águia.

Segundo o “Jornal de Notícias” esta sexta-feira, o Benfica lançou uma “caça ao homem” por conta própria às pessoas, e respetivas empresas em que trabalham, que tiveram acesso aos e-mails de funcionários da Luz, como os do comentador desportivo Pedro Guerra, e que até há poucos dias estiveram disponíveis num servidor alojado na Nova Zelândia.

Nos últimos dias, várias pessoas têm vindo a ser notificadas pelo clube encarnado por alegadamente terem descarregado os e-mails de dirigentes do clube da Luz.

A missiva em causa, de acordo com o “JN”, é assinada pelo secretário-geral do Benfica, João Salgado, e defende que o clube encarnado está a ser vítima de devassa da vida privada e violação de correspondência e avisa as empresas para a “prática de crimes por funcionário”.

As cartas nomeiam o funcionário em causa, indicam o endereço de correio eletrónico do mesmo e avisam que a empresa para que este trabalha partilha a responsabilidade criminal.

O Benfica, nestas cartas, pede a abertura de processos disciplinares aos funcionários e exige a destruição dos e-mails.

Mais: dá o prazo de 10 dias para que a situação decorra como pede, caso contrário promete avançar com processos judiciais.