Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Os primeiros reforços do Benfica e do Sporting deram à costa. Quem são eles?

O médio sueco Rakip já está em Lisboa e chegou a custo zero (ou talvez não). Wendel custou sete milhões de euros e é visto como um dos jovens prodígio do futebol brasileiro. Eis os primeiros reforços do Benfica e do Sporting

Expresso

SERGEI SUPINSKY

Partilhar

A febre do mercado regressou e, tal como no verão, o Benfica e o Sporting foram os primeiros a adiantarem-se neste marcador.

Dos dois clubes à caça no mercado, os encarnados são, sem dúvida, aqueles que precisam suprir mais faltas. O Sporting de Jorge Jesus, por outro lado, tem pequenos espaços para tapar, necessita de jogadores que aumentem ainda mais rendimento à equipa - se é que quer ambicionar a conquistar o campeonato e a Liga Europa.

Esta sexta-feira os desportivos portugueses noticiam a chegada dos primeiros reforços do Benfica e Sporting este janeiro. Ei-los.

Benfica: Rakip já chegou

O médio sueco Erdal Rakip chegou na quinta-feira a Lisboa e já realizou os exames médicos obrigatórios. Segundo os desportivos, vai assinar contrato com o Benfica até ao final da época 2022/23. O anúncio oficial da contratação e apresentação aos adeptos deve estar para breve.

À chegada ao aeroporto Humberto Delgado, Rakip disse aos jornalistas apenas que está “muito feliz por estar aqui”. O internacional Sub-21 pela Suécia veio acompanhado pelo pai e pelo empresário Hasan Çetinkaya, representante do antigo defesa do Benfica Victor Lindelöf.

A quem o nome de Rakip não soe muito sueco tem razão para estranhar: o médio é filho de imigrantes albaneses e macedónios, que se mudaram para o país nos anos 1990, período de grande turbulência nos balcãs.

Rakip, 21 anos, representava o Malmö, da Suécia, há três épocas e é conhecido pela facilidade com que aparece livre nas zonas de finalização. Desde 2014, a sua ascendência como finalizador é evidente: zero golos na primeira época, um na segunda, dois em 2016 e nove golos na primeira metade desta época.

O contrato de Rakip com o Malmö acabou em dezembro do ano passado, contudo, isso pode não significar que o médio chegou à Luz a custo zero - falta ainda saber o valor do prémio de assinatura de contrato.

Sporting: um investimento a pensar no futuro

Jorge Jesus tem olho para futuros talentos, isso já foi provado nas últimas épocas. Desta vez, fisgou Wendel ao Fluminense.

O médio brasileiro de 20 anos chega a Alvalade por sete milhões de euros - um investimento avultado para os cofres dos leões é preciso sublinhar - e o contrato que vai assinar terá uma cláusula de rescisão de 60 milhões.

Visto como um dos jovens prodígios do futebol brasileiro, Wendel já tinha despertado o interesse de vários clubes europeus, inclusive, o Paris Saint-Germain; o clube francês chegou a ter o jogador “apalavrado”, mas as regras do fair-play financeiro fizeram cair o negócios.

Segundo os desportivos, o FC Porto, tal como aconteceu com Rúben Ribeiro do Rio Ave, também entrou na corrida por Wendel contra os leões. Mas saiu derrotado, devido à falta de capacidade de investimento financeiro.

O brasileiro tem tudo para deixar JJ feliz e os adeptos do Sporting: muito pulmão para correr, bom jogo de cabeça e instinto matador.