Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ribéry queixa-se de ter sido “roubado” da Bola de Ouro em 2013… por Cristiano Ronaldo

Em 2013, Ribéry ganhou todos os troféus que havia para ganhar ao nível europeu, menos um: a Bola de Ouro. “Não podia ter feito mais. Foi uma injustiça”, queixou-se o jogador francês, em entrevista ao canal “France Football”

Expresso

Ribéry, extremo francês, cansou-se da seleção gaulesa e também deixou as competições internacionais para trás. Perde uma oportunidade incrível de jogar o Euro em casa.

© Reuters Staff / Reuters

Partilhar

Em 2013, Ribéry ganhou o prémio de jogador francês do ano, fez parte da equipa do ano para a UEFA e foi escolhido como o melhor jogador do mundial de clubes da FIFA. Ao nível colectivo, não podia estar mais bem lançado: o Bayern Munique ganhou a Liga dos Campeões e a Bundesliga.

Ribéry tinha tudo para ganhar a Bola de Ouro, só que não ganhou. Foi para Cristiano Ronaldo - e isso deixou ressentimentos, é claro.

“Foi como se tivesse sido roubado. É incompreensível, venci todos os troféus. Não podia ter feito mais. Foi uma injustiça”, disse o jogador francês, em entrevista ao canal “France Football”.

Segundo Ribéry, nem os franceses estiveram do seu lado.

“Não tinha o meu país comigo. Vi com os meus próprios olhos os franceses a dizerem que deveria ser Cristiano Ronaldo a vencer. Quereriam os portugueses que vencesse Ribéry ou Messi? Claro que não”, lamentou o extremo de 34 anos.