Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Mendes está autorizado a negociar Cristiano Ronaldo, mas Florentino Pérez não definiu um preço

Florentino Pérez já deu carta branca a Cristiano Ronaldo e ao empresário Jorge Mendes para apresentarem propostas com vista a uma saída no final desta época

Expresso

GERARD JULIEN

Partilhar

Ao contrário de outras estrelas do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, a pérola dos merengues desde 2009, nunca teve uma relação de proximidade e confiança com Florentino Pérez.

Nos últimos anos, houve sempre pequenos momentos de tensão entre os dois - mas as coisas lá se foram resolvendo. Enquanto houve troféus a cair nas vitrinas do Santiago Bernabéu e milhões para pagar os salários prometidos, tudo foi avançando aos solavancos, mas avançando.

Mas, agora, a equipa orientada por Zidane vive dias difíceis. E a saída do craque português parece cada vez mais certa. Diz-se que CR7 tem o desejo de regressar ao Manchester United.

Segundo o “Record” esta terça-feira, Florentino Pérez já deu carta branca a Cristiano Ronaldo e ao empresário Jorge Mendes para apresentarem propostas com vista a uma saída no final desta época - mas não estipulou um preço.

Este detalhe irá dificultar o avanço dos eventuais interessados, sublinha o desportivo.

Desde o início do verão do ano passado, era público que Cristiano Ronaldo pretendia renegociar o seu contrato com o Real Madrid, mas Florentino Pérez foi sempre dando para trás, adiando essa possibilidade.

Para azedar ainda mais a relação entre o português e o presidente dos merengues, brotaram nos desportivos várias notícias de Pérez já estar à procura de um substituto de CR7.

Depois de ter prolongado o vínculo com o Real Madrid até 2021 em novembro de 2016, Cristiano Ronaldo contribuiu de forma decisiva para novo triunfo na Liga dos Campeões, com cinco golos nos quartos-de-final, três nas ‘meias’ e dois na final, frente à Juventus.