Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Neymar marcou quatro ao Dijon e a mostarda chegou ao nariz dos seus adeptos (vídeo)

O PSG estava a ganhar por 7-0 ao Dijon e o internacional brasileiro já tinha marcado três, quando aos 83 minutos foi marcado um penálti a favor da equipa parisiense. Neymar assumiu a marcação e não deixou Cavani converter - o que caiu mal no estômago dos adeptos

Expresso

Partilhar

É possível marcar quatro golos num só jogo e acabar assobiado pelos adeptos do próprio clube? A resposta é um espantoso sim.

Foi isso que aconteceu a Neymar, depois da vitória do Paris Saint-Germain frente ao Dijon na quarta-feira à noite. O motivo? A febre de fazer golos e a má relação com Cavani.

O PSG estava a ganhar por 7-0 - repitamos, 7-0 - ao Dijon e o internacional brasileiro já tinha marcado três, quando aos 83 minutos foi marcado um penálti a favor da equipa parisiense.

Neymar assumiu a marcação e não deixou Cavani converter - o que caiu mal no estômago dos adeptos.

Se Cavani tivesse convertido aquele penálti, teria batido o recorde de golos pelo clube de Ibrahimovic - 156 bolas em balizas adversárias.