Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

West Ham afasta e suspende Tony Henry por conduta racista

Segundo o Daily Mail, Tony Henry disse que o clube do leste de Londres queria limitar o número de jogadores africanos porque “eles têm uma atitude má” e “causam o caos” quando não estão a jogar.

Lusa

Richard Heathcote

Partilhar

O West Ham anunciou esta quinta-feira que suspendeu o diretor responsável pela contratação de jogadores, enquanto investiga queixas de que ele terá dito que o clube da Premier League não contratará mais futebolistas africanos.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, o diretor responsável pelo recrutamento do West Ham, Tony Henry, terá dado a conhecer essa nova política do clube no último sábado através de um email.

O West Ham, dos portugueses José Fonte e José Mário, abriu uma investigação a essa tomada de posição de Tony Henry e comunicou que "não tolerará qualquer tipo de discriminação".

Segundo o Daily Mail, Tony Henry disse que o clube do leste de Londres queria limitar o número de jogadores africanos porque “eles têm uma atitude má” e “causam o caos” quando não estão a jogar.

Tony Henry insistiu que a nova política do clube não tinha “nada contra a raça africana”.