Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Luis Fernández: “Ponho as mãos no fogo como Neymar não vai para o Real Madrid”

De acordo com Luis Fernández, diretor desportivo da formação do PSG, “Neymar não tem qualquer problema com Cavani” nem está a pensar sair do clube

Expresso

Neymar. O brasileiro, de 25 anos, é o terceiro melhor futebolista da atualidade e o mais bem posicionado para suceder a Ronaldo e Messi

FOTO FRANCK FIFE/AFP/Getty Images

Partilhar

Neymar quer sair do Paris Saint-Germain, Neymar quer ficar - qual destas duas teses a verdadeira não sabemos. Nos últimos meses, houve muitas notícias contraditórias sobre o futuro do internacional brasileiro.

Por um lado, existe o interesse assumido dos merengues, a ambição de Florentino Pérez em conseguir um substituto para CR7, e o desejo de Neymar voltar a Espanha; França não é o “seu” país de eleição, veio a perceber. Por outro, há as muitas garantias de vozes do PSG que o brasileiro está feliz em França.

“Ponho as mãos no fogo como Neymar não vai para o Real Madrid. Ele está muito feliz, muito feliz, quer ajudar a conquistar títulos, a triunfar. Aqui ele faz muita diferença, escrevem muito sobre ele, falam dele”, disse Luis Fernández, diretor desportivo da formação do PSG, ao programa 'El Larguero' da Cadena Ser, na segunda-feira.

Mais: de acordo com o dirigente do clube parisiense, “Neymar não tem qualquer problema com Cavani”, ao contrário do que muitos desportivos têm noticiado.

Em todo o caso, o clube francês não está disposto a abrir mão dos seus craques. “Se o PSG foi buscar Neymar ou Mbappé, é para ficar com eles e não para vender. O presidente e os adeptos estão com Neymar. É um provocador, mas é o seu jeito de ser, tal como o foi em Espanha”, disse.