Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Rúben Semedo “ameaçou cortar-me um dedo”, diz vítima das agressões

A vítima das agressões sofreu uma fratura do tornozelo, lesão que o obriga agora a caminhar com a ajuda de uma muleta

Expresso

NurPhoto

Partilhar

Rubén Semedo, defesa-central português do Villarreal, acompanhado de um primo e de outro indivíduo cuja identidade continua desconhecida, terá utilizado um taco de baseball para agredir um homem na noite de 11 de fevereiro, apontando-lhe ainda uma pistola à cabeça e ameaçado cortar-lhe um dedo, avança o jornal “Las Provincias” esta quinta-feira.

Estas informações foram avançadas pela alegada vítima das agressões ao matutino espanhol. Segundo esta, a “sua vida corre perigo”, apesar de Rúben Semedo e os outros dois homens implicados já terem sido detidos pela polícia espanhola.

A vítima das agressões sofreu uma fratura do tornozelo, lesão que o obriga agora a caminhar com a ajuda de uma muleta. “Tenho muito medo. São muito violentos”, disse ao jornal.

O futebolista português Rúben Semedo, ex-jogador do Sporting, foi detido na terça-feira e está hoje presente no tribunal de Líria, nos arredores de Valência, para ser ouvido por um juiz de instrução criminal, de forma a lhe serem aplicadas as medidas de coação tidas por adequadas.