Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Treinador do Astana: o Sporting usou a imagem do “Borat”? “Têm de nos pedir desculpa”, exigiu

A 15 de fevereiro, quando o Sporting bateu o Astana por 3-1 na primera-mão da Liga Europa, os leões festejaram o triunfo com a publicação nas redes sociais de um gif da personagem de Sacha Baron Cohen vestido de Borat, jornalista cazaque fictício de um filme de 2006

Expresso

STANISLAV FILIPPOV

Partilhar

Quando em 2006 Sacha Baron Cohen lançou o filme “Borat”, as salas de cinema no Cazaquistão não se encheram para o aplaudir. Ao mesmo tempo que ridicularizava os cidadãos daquele país, o jornalista cazaque personificado por Cohen tornou-os alvo de piadas de várias nações. E este problema chegou até 2018.

A 15 de fevereiro, quando o Sporting bateu o Astana por 3-1 na primera-mão da Liga Europa, os leões festejaram o triunfo com a publicação nas redes sociais de um gif da personagem de Cohen vestido de Borat.

Escusado será dizer que esta atitude não caiu bem junto dos adeptos do Astana. Em Lisboa, Stanimir Stoilov, treinador do Astana, lembrou esse momento.

“O Sporting usou a imagem do Borat. Foi algo ético da parte deles ou é normal na Europa. Tem de haver respeito pelo adversário. Se o fizeram, têm de nos pedir desculpa”, disse em conferência de imprensa de antevisão à partida.