Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

PGR recebeu denúncia de “combinação de resultado” na segunda parte do Estoril-FC Porto

De acordo com a denúncia, dias depois de realizada a segunda metade do jogo entre o Estoril e FC Porto, terá sido feita uma transferência bancária de 730 mil euros para a SAD da equipa canarinha

Expresso

José Sena Goulão/EPA

Partilhar

A Procuradoria-Geral da República recebeu, na terça-feira, uma denúncia anónima que indicava que o resultado da segunda parte do Estoril-FC Porto havia sido “comprado”, avança a “Bola” esta quinta-feira.

Segundo o desportivo, na base da queixa, estará uma suposta reunião entre um dirigente da Traffic, empresa que controla a SAD do Estoril, um empresário e um dirigente dos dragões. Ao que consta, o encontro terá ocorrido no dia que antecedeu o reatar da partida da 18.ª jornada da I Liga, num hotel em Lisboa.

De acordo com a denúncia, dias depois do jogo, terá sido feita uma transferência bancária de 730 mil euros para a SAD do Estoril.

Lembremos que o Estoril tinha chegado ao intervalo a vencer por 1-0; contudo, por razões de segurança, a segunda metade do encontro teve de ser adiada.

Quando foi disputada a segunda parte, os dragões acabaram por vir o resultado e ganhar por 1-3.