Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

André Leão já saiu do coma induzido. Suspeitos de agressão são dois antigos concorrentes de um reality-show

Passados três dias do incidente à saída de uma discoteca em Lisboa, o atleta português saiu do coma; abriu os olhos, conseguiu falar e já moveu os braços, conta o “Record” este sábado

Expresso

D.R.

Partilhar

Na quarta-feira à noite, André Leão, jogador do Clube Atlético e Cultural (CAC), da Pontinha, foi sair à noite, mas já não regressou a casa. À saída da discoteca Docks, em Lisboa, foi brutalmente agredido por dois indivíduos. Levado para o Hospital São Francisco Xavier, Leão foi colocado em coma induzido.

Agora, passados três dias, há boas notícias. O atleta português saiu do coma; abriu os olhos, conseguiu falar e já moveu os braços, conta o “Record” este sábado.

“Felizmente, saiu do coma induzido, embora tenha pela frente uma longa recuperação”, disse o vice-presidente do CAC, Victor Soares, ao desportivo.

De acordo com o desportivo, os dois suspeitos são antigos concorrentes do reality-show ‘Love on Top’, da TVI. Estes, contudo, ouvidos pelo canal televisivo, negaram a autoria das agressões. O motivo por trás das agressões ainda não é conhecido.

“É uma pessoa muito acarinhada pelo clube. Foi sempre respeitador, não faltava aos treinos e era dos primeiros a apaziguar momentos de maior tensão em campo”, disse Vitor Soares.