Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Há penálti sobre Doumbia? O que dizem os especialistas

Para os especialistas em arbitragem que comentam o clássico nos desportivos este sábado, Artur Soares Dias esteve quase sempre bem nas decisões que tomou no clássico. Se não houve penálti sobre Doumbia, também nada existiu com Marega

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Os lances duvidosos do clássico da noite passada estiveram quase todos do lado do Sporting. Contudo, os leões não se podem queixar de terem sido prejudicados por Artur Soares Dias, o árbitro da partida com o FC Porto. Para os especialistas, que comentam o encontro este sábado nos jornais, o juiz português esteve ao mais alto nível.

Penálti sobre Doumbia?

Ao minuto 17, Doumbia caiu na área em lance com Dalot, no qual o contacto que existiu não parece condizente com a posterior queda. “O toque de pernas entre Doumbia e Dalot parece ser forçado pelo marfinense. As dúvidas que o lance encerra justificam, assim, a decisão de nada sancionar”, escreve Jorge Faustino, especialista em arbitragem, no “Público” este sábado.

Os três comentadores desportivos do “Jogo” alinham também na mesma opinião: Artur Soares Dias fez bem em não marcar penálti sobre Doumbia. “Diogo Dalot ganhou posição, chegou primeiro e Doumbia procurou o contacto. Com recurso ao VAR, o árbitro decidiu bem em não assinalar penálti”, segundo Jorge Coroado, ex-árbitro.

Cartão amarelo para Coentrão?

Ao minuto 60, Fábio Coentrão empurrou um maqueiro na procura de apanhar a bola junto à linha lateral. “Esta acção do jogador do Sporting era merecedora de cartão amarelo por comportamento antidesportivo. A decisão de “expulsar” os maqueiros (um por esconder bola e outro por empurrar Coentrão) é correcta e está de acordo com o que determinam as Leis de jogo”, de acordo com Jorge Faustino, especialista em arbitragem, no “Público”.

“Bem resolvido o problema no banco dos socorristas, mas faltou o amarelo a Coentrão pelo empurrão. Gesto antidesportivo”, escreveu José Leirós, especialista em arbitragem do “Jogo”.

Marega deixou-se cair?

Ao minuto 64, Marega caiu na área do Sporting em lance com Coates. Para Jorge Faustino, “existe contacto de braços entre os dois jogadores, mas sem infracção de qualquer um deles. Marega caiu quando desistiu do lance. Artur Soares Dias estava muito perto e avaliou bem o lance. Sem penálti.”

“Em disputa de bola com Coates, Marega deixou-se cair sem qualquer falta por parte do jogador do Sporting. Decisão correcta”, opinou, por sua vez, Fortunato Azevedo, no “Jogo”.