Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Jorge Jesus: O treinador do Plzen estava a fazer ‘bluff’ quando disse que não conhecia “muito bem a equipa do Sporting”

Na conferência de antevisão ao desafio desta quinta-feira, o treinador checo Pavel Vrba deu a entender que desconhecia as individualidades da equipa portuguesa

Lusa

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Partilhar

O treinador do Sporting disse na quarta-feira que Pavel Vrba fez 'bluff' com o pouco conhecimento pela sua equipa e mostrou-se preocupado caso perca alguns para a segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa de futebol.

Na conferência de antevisão ao desafio desta quinta-feira, o treinador checo Pavel Vrba deu a entender que desconhecia as individualidades da equipa portuguesa. Jorge Jesus, que falou à comunicação social cerca de uma hora depois, não ficou indiferente às palavras do colega de profissão.

“O Pavel é um homem com muito conhecimento, muito experiente e de certeza que viu o Sporting na ‘Champions’ com o Real Madrid, Juventus e Barcelona. Está a fazer ‘bluff’ e conhece de certeza muito bem a equipa do Sporting”, afirmou, em conferência de imprensa.

Contudo, Jorge Jesus destacou as qualidades dos primeiros classificados do campeonato da República Checa, assegurando que tem a equipa preparada para vencer em Alvalade.

“É um adversário que não tem um nome conhecido na Europa, mas fizemos tudo para preparar bem este jogo. Fomos duas vezes vê-los jogar no campeonato. São mais fortes que o Astana e em termos defensivos são bem organizados”, alertou.

O treinador ‘leonino’ insistiu nas palavras elogiosas aos checos, afirmando que o Sporting “irá encontrar uma equipa com muita cultura tática” e que a eliminatória “vai ser disputada nos dois jogos”.

Com William Carvalho, Bruno Fernandes, Acuña, Gelson Martins, Coates e Fábio Coentrão em risco de falharem o jogo da segunda mão, caso vejam o amarelo no encontro, é um problema acrescido e que influenciará também o encontro seguinte para a I Liga, segundo o técnico.

“Não temos tempo para respirar. Saltamos para Chaves na segunda-feira, depois vamos para a República Checa e a definição das minhas opções vão ser em função dos jogadores que tenho para o objetivo. São seis jogadores que estão para cair, mais cinco ou seis que estão lesionados”, lembrou.

Por sua vez, o costa-riquenho Bryan Ruiz marcou presença na conferência de imprensa, revelando que o plantel está motivado e reconhecendo que o Viktoria Plzen não é um clube conhecido.

“A equipa está motivada. Estamos numa etapa em que acreditamos que podemos chegar aos ‘quartos’ e é importante fazer um bom jogo para estarmos perto. Pelo nome não é dos maiores adversários, mas, às vezes, com adversários menos conhecidos, fica mais difícil. Respeitamos muito todas as equipas”, declarou.

Esta quinta-feira, o Sporting recebe o Viktoria Plzen, no Estádio José Alvalade, pelas 20:05, em encontro da primeira mão dos oitavos de final, que será dirigido pelo bielorrusso Aleksei Kulbakov.