Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“The Guardian” compara Mourinho a Trump num jogo de quem-disse-o-quê

Depois de o “The Independent” comparar, já no ano passado, o estilo de liderança de Bruno de Carvalho no Sporting ao de Donald Trump nos Estados Unidos, o “The Guardian”, esta quinta-feira, lembrou-se de lançar um questionário que misturou Mourinho com o Presidente norte-americano

Expresso

Chris Brunskill Ltd

Partilhar

Não ter papas na língua, dizer o que lhe vai na cabeça, é uma característica comum a vários líderes, sejam estes políticos ou desportivos. A retórica é uma virtude necessária em todas as profissões, digamos. Mas há semelhanças que podem ser assustadoras.

Depois de o “The Independent” comparar, já no ano passado, o estilo de liderança de Bruno de Carvalho no Sporting ao de Donald Trump nos Estados Unidos, o “The Guardian”, esta quinta-feira, lembrou-se de lançar um questionário que juntou outra personalidade portuguesa à do Presidente norte-americano.

Foi a vez de José Mourinho – o único português com um ego de proporções semelhantes ao de Trump. Prova disso? As afirmações de ambos.

O matutino britânico fez um questionário em que compilou 10 afirmações polémicas e autorreferenciais. Por exemplo: “Se fizessem um filme da minha vida, acho que iam escolher o George Clooney para fazer mim. Ele é um ator fantástico e a minha mulher acha que ele seria o ideal”. Cabe ao leitor dizer se esta afirmação é do líder norte-americano ou do técnico português – em questões de tom, podia ser de ambos.

Outro exemplo: qual dos dois diria isto sobre a qualidade do seu trabalho: “É tangível, é sólido, é belo. É artístico.”

É fazer o questionário. (AQUI)