Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Seferovic: “Tive o azar de o sistema ter mudado. E se o Jonas marca mais de 30 golos, está claro que não o vão tirar”

Com o campeonato do Mundo à porta, Haris Seferovic espera conseguir voltar à equipa principal do Benfica, garantir um lugar na seleção

Expresso

MÁRIO CRUZ / Lusa

Partilhar

Seferovic começou bem a época no Benfica, ao apontar quatro golos nos quatro primeiro jogos, mas acabou por ser afastado das opções de Rui Vitória. Desde o início de 2018, soma apenas 13 minutos, repartidos ao longo de quatro jogos.

Por isto, o suíço não esperava, assumiu o próprio, em entrevista ao jornal suíço Tagblatt. “A situação no clube não é fácil e estou a tentar alterá-la”, disse.

Com o campeonato do Mundo à porta, Haris Seferovic espera conseguir voltar à equipa principal do Benfica, garantir um lugar na selecção. “Continuo a dar o meu melhor em todos os treinos. Sinto-me muito bem fisicamente e também mentalmente. Tento mostrá-lo ao treinador todos os dias”, confessou.

Apesar das dificuldades, Seferovic fez questão também de garantir que não se arrepende de ter trocado o Eintracht Frankfurt pelo Benfica no verão passado.

“Não me arrependo por um segundo. Nada mudou em relação a isso. Jogo num clube de topo. Tem de haver um certo nível de qualidade para estar no plantel. Tive o azar de o sistema ter mudado. E se o concorrente [Jonas] marca mais de 30 golos... está claro que não o vão tirar”, disse.