Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

BdC entrou em direto na CMTV para justificar post contra jogadores (vídeo)

Irritado com a forma como as suas palavras estavam a ser interpretadas, o presidente do Sporting ligou, na quinta-feira à noite, para o programa de comentário televisivo Liga D’Ouro da CMTV

Expresso

Bruno de Carvalho mantém relação conflituosa com a Doyen

José Carlos Carvalho

Partilhar

Desgostoso com a derrota do Sporting frente ao Atlético de Madrid, Bruno de Carvalho, que não pode estar presente no estádio por estar prestes a ser pai, foi, como já é hábito, às redes sociais desabafar. E deixou algumas críticas (ou talvez não, depende da interpretação) aos jogadores da sua própria equipa.

A publicação no Facebook de BdC deu origem, em poucas horas, a várias notícias (uma inclusive AQUI na Tribuna) nos meios de comunicação.

Irritado com a forma como as suas palavras estavam a ser interpretadas, o presidente do Sporting ligou, ainda na quinta-feira à noite, para o programa de comentário televisivo Liga D’Ouro da CMTV para justificar o seu texto - e deixar várias críticas, desta vez, aos comentadores desportivos daquele canal.

Segundo BdC, nada do que ele escreveu sobre Gelson, Mathieu, Coentrão, Montero ou Coates foi um ataque aos seus jogadores - tratou-se somente de uma constatação de factos.

“Gostava de saber onde é que arrasei ou deixei de arrasar jogadores neste post, que fossem mais concretos”, desafiou os comentadores. “Esse sublinhar a amarelo e parar as frases a meio não me agrada muito”, atirou, para insinuar que estavam a retirar os seus comentários fora de contexto.

Sem nunca pronunciar o seu nome diretamente, BdC atacou insistentemente Francisco José Viegas, um dos comentadores do painel desportivo, retratando-o como “um ex-secretário de Estado da Cultura que não saber ler, pelos vistos”.

“Eu só digo que o Sporting jogou melhor, que o Sporting, tem um resultado que não é merecido, que o Sporting tem uma vida difícil, mas que provou que realmente podia ter feito muito mais e que podemos dar a volta em Alvalade”, disse.

A propósito do comentário que escreveu sobre os cartões amarelos de Bas Dost e Coentrão - “Fábio e Bas Dost 'não quiseram jogar' em Alvalade, com faltas para amarelo que nunca poderiam ter feito” -, Bruno de Carvalho desafiou o jornalista a ler na íntegra a frase e apontar onde é que estava o ataque aos jogadores dos leões.

“Onde é que está o ataque? Foram faltas que nunca deveriam ter feito, ponto. Eles se quiserem podem dizer-me alguma coisa a mim. Mas que as duas faltas deles não fizeram sentido não fizeram, ponto”, disse.