Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Fábio Coentrão já foi dispensado do Sporting e recambiado para Madrid, diz “A Bola”

Coentrão era um dos visados de BdC no texto publicado no Facebook que deu origem a todo este imbróglio

Expresso

Rafael Marchante

Partilhar

O “miúdo das Caxinas” tinha assumido, ainda há pouco tempo, em entrevista que, se fosse possível, preferia ficar por Alvalade a regressar à sua anterior vida no Real Madrid. De leão ao peito, Coentrão, com uma grande ajuda de Jorge Jesus, reinventou-se para regressar aos relvados.

Ao longo da época, o defesa português foi um dos jogadores que mais juras de amor fez ao Sporting. Contudo, isso de nada lhe valeu, no momento de enfrentar a “fúria” do Presidente Bruno de Carvalho.

De acordo com “A Bola” este sábado, Fábio Coentrão, um dos 19 jogadores do Sporting que subscreveu o texto de crítica aos comentários do Presidente BdC nas redes sociais, já foi dispensado do Sporting e deverá regressar o quanto antes a Madrid.

Por outras palavras: se as fontes do desportivo estiverem corretas, Coentrão já não voltará a pisar o relvado de Alvalade.

Tudo indica que esta dispensa antecipada será resultado da posição do jogador contra Bruno de Carvalho. Mais: fontes dos desportivos portugueses indicam que Coentrão foi uma das principais vozes incentivadores da rebelião contra BdC.

Tendo em conta que Coentrão chegou a Alvalade por empréstimo do Real Madrid, o defesa português era um dos que estava numa das posições mais sensíveis para fazer comentários contra a liderança do clube.

Coentrão, lembremos, era um dos visados de BdC no texto publicado no Facebook que deu origem a todo este imbróglio. O defesa foi um dos jogadores que no jogo com o Atlético de Madrid, para os quartos de final da Liga Europa, levou um cartão amarelo e ficou afastado da segunda mão.

“Fábio e Bas Dost não quiseram jogar em Alvalade, com faltas para amarelo que nunca poderiam ter feito”, atirou o líder dos leões nas redes sociais, na quinta-feira à noite.