Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

BdC não pediu desculpa e ameaçou plantel com claques, diz o “CM”

Vários jogadores do Sporting já receberam mensagens com ameaças, escreve o “Correio da Manhã” este domingo

Expresso

NUNO FOX

Partilhar

No sábado à tarde, não houve qualquer pedido de desculpa de Bruno de Carvalho ao plantel do Sporting. Houve sim gritos, troça de ameaças.

Os jogadores do Sporting foram para Alcochete treinar e Jorge Jesus disse, em conferência de imprensa, que podia convocar quem quisesse, mas isso não quer dizer que todos os problemas internos do Sporting tenham ficado resolvidos, após a reunião entre o plantel e Bruno de Carvalho.

Digamos que foram adiados, ocultados pelo momento.

De acordo com o “Correio da Manhã” este domingo, Bruno de Carvalho chegou mesmo ao ponto de ameaçar os jogadores do Sporting, caso estes se recusassem a jogar, com represálias de alguns membros das claques.

Pelo que apurou o matutino, vários jogadores já receberam mensagens com ameaças.

O encontro no sábado acabou mesmo sem nenhum pedido de desculpas de ambas das partes. Jorge Jesus, o técnico da equipa, tem sido a “voz da razão” neste imbróglio, segundo o “CM”, e tem convencido os jogadores a treinar e a concentrarem-se nos jogos que têm pela frente.