Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

PSP quer adeptos a horas dentro do estádio

O jogo é de "risco elevado" mas os meios empregues serão semelhantes a outros clássicos. O facto de haver outro jogo em Lisboa, a envolver o Sporting, não preocupa a PSP. Portas abrem às 16h00 na Luz.

Expresso

Partilhar

Cerca de 64 mil pessoas são esperadas, este domingo, no Estádio da Luz, para assistir ao Benfica-FC Porto. Um estádio com lotação esgotada em dia de jogo de clubes rivais é "um desafio" para as autoridades, como reconheceu o superintendente Pedro Pinho, do Comando da PSP de Lisboa.

O planeamento está, contudo, feito e não foge do figurino de clássicos passados: “Os meios são semelhantes aos que utilizamos no último jogo entre as duas equipas no mesmo recinto. Não há grandes alterações", disse aos jornalistas.

O responsável frisou a vontade de ter toda a gente dentro do estádio a horas do apito inicial, marcado para as 18h00.

A operação começará muito antes. A partir das 11h00 é esperada a chegada dos cerca de 3400 adeptos vindos do Porto que serão concentrados num parque de estacionamento em Carnide.

Os adeptos seguem depois, como vem sendo habitual, numa caixa de segurança rumo ao estádio.

A partir desta caixa de segurança, os adeptos serão conduzidos rumo a duas portas: a 21 para os 3250 adeptos do FC Porto com bilhete normal e a 22 para os 150 lugares de primeira categoria.

"Pretendo que os adeptos do FC Porto cheguem cedo a Lisboa e que o último adepto entre a tempo do pontapé de saída. Espero um jogo emotivo, que se jogue apenas dentro das quatro linhas e que os adeptos contribuam para a segurança”, frisou Pedro Pinho.

O facto de estar agendado para o mesmo dia, no Restelo, outro jogo a envolver um dos três grandes - o Sporting joga a partir das 20h15 com o Belenenses - não é motivo de preocupação adicional: “Consideramos que não vai haver conflito entre estes dois jogos considerando o desfasamento de horário”, respondeu.

Pedro Pinho advertiu ainda os adeptos do Benfica para o facto de poderem ver condicionado o seu acesso ao estádio quando se der a entrada dos adeptos visitantes: “É possível, dada a massa humana que se vai deslocar ao estádio, que haja mais restrições em termos de acessos e para os adeptos do Benfica vamos momentaneamente restringir uma das entradas que costumam utilizar de forma a criar processos seguros para a chegada de adeptos do FC Porto".

As portas abrem às 16h00 e a PSP recomenda que os adeptos cheguem cedo ao estádio e se desloquem preferencialmente de transportes públicos.

Certo é que no estádio não poderão entrar megafones nem bombos, facto revelado em comunicado pela claque do FC Porto, Super Dragões, que classificou de "arbitrária e birrenta" a medida do Benfica justificada com razões de segurança.