Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bruno de Carvalho contra os ingratos: “Garganta temos muitos, fazer é que está quieto”

No domingo, durante uma visita ao Núcleo do Sporting em Soure, o presidente dos leões regressou à praça pública. Contudo, não houve nenhum momento de mea culpa ou ato de contrição

Expresso

Bruno de Carvalho mantém relação conflituosa com a Doyen

José Carlos Carvalho

Partilhar

Bruno de Carvalho apagou a sua conta do Facebook, esteve afastado do balneário do Sporting durante alguns dias e em silêncio, mas nada parece ter mudado na visão do presidente dos leões sobre a confusão despoletada pelo próprio há duas semanas.

No domingo, durante uma visita ao Núcleo do Sporting em Soure, o presidente dos leões regressou à praça pública, mas não houve nenhum momento de mea culpa ou ato de contrição. Pelo contrário: BdC voltou, como é hábito, ao ataque.

Bruno de Carvalho, segundo declarações reproduzidas pela Sporting TV na segunda-feira, acusou aqueles que da “família sportinguista” o têm criticado de serem “ingratos”.

“Uma família não vê um membro no chão e vai lá dar-lhe pontapés. Em cinco dias em que tive de estar ausente vi tamanha ingratidão por parte de muita gente”, atirou.

“Não podemos ter paninhos quentes. Se para vocês basta existir e respirar, está bom. Para mim, tão mais fácil é não ter Facebook e não dizer nada aos meninos. Até sou divertido, conto umas piadas giras. Continuo a dizer, devo ser o único presidente com licenciatura, mas sinto-me sempre como o que tem a 1ª classe. Se quiserem que vá por esse caminho, eu vou. Para a minha família é melhor e canso-me menos. Não consigo perceber esta vossa dicotomia do 'aperta com eles', mas 'aperta com eles como eu achar'. Garganta temos todos, mas fazer está quieto”, sublinhou.