Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Depois do pontapé de bicicleta, o golo de calcanhar. Só podiamos estar a falar de Cristiano Ronaldo (vídeo)

Há doze jogos seguidos que Cristiano Ronaldo não passa mais de 90 minutos sem marcar na Liga espanhola

Expresso

Gonzalo Arroyo Moreno

Partilhar

Há doze jogos seguidos que Cristiano Ronaldo não passa mais de 90 minutos sem marcar na Liga espanhola, há doze jogos consecutivos que o português tem razões para sair do relvado feliz.

Na quarta-feira à noite, o Real Madrid bateu-se com o Atlético de Bilbao; o jogo acabou empatado a uma bola, mas CR7 ainda teve tempo de fazer mais um brilharete - aos 87 minutos.

Depois de ter surpreendido o mundo com um golo de pontapé de bicicleta frente à Juventus, Cristiano Ronaldo parece ainda não ter gasto todos os golos com nota artística que possa ter escondidos no corpo.

Num jogo em que Kepa, o guarda-redes do Atlético, esteve ao mais alto nível - defendeu 29 remates à baliza, diz “A Marca”, só Cristiano Ronaldo conseguiu furar a baliza. Para isso, teve de “pensar fora da caixa”, como se costuma dizer.

Modric, de fora da área, rematou na direcção na baliza, e, já dentro da área, apareceu Cristiano Ronaldo a desviar a bola de calcanhar, de costas para a baliza. Foi golo, está claro, e quase pareceu fácil.