Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“CM”: plantel do Sporting aplica tratamento de silêncio a Bruno de Carvalho

O plantel ainda não perdoou as críticas públicas de Bruno de Carvalho, depois da derrota com o Atlético de Madrid, diz o “Correio da Manhã”

Expresso

HUGO DELGADO / Lusa

Partilhar

O plantel do Sporting optou por simplesmente ignorar o regresso de Bruno de Carvalho ao banco de suplentes no clássico com o FC Porto, a contar para a Taça de Portugal, e aplicou-lhe o que se costuma chamar de um “tratamento de silêncio”.

Segundo o “Correio da Manhã” esta sexta-feira, o presidente do Sporting ainda tentou interagir com vários jogadores, cumprimentou alguns deles e trocou algumas palavras de circunstância. Contudo, foi sempre BdC a tomar a iniciativa.

Ao que parece, o plantel ainda não perdoou as críticas públicas de BdC, depois da derrota com o Atlético de Madrid, para a primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.

Nos festejos do Sporting, depois dos penáltis, BdC ficou sozinho. “Quem não está com os jogadores na derrota, não pode estar com eles na vitória"” disse ao “CM” fonte próxima do plantel.

Mais: pelo que o matutino apurou, Bruno de Carvalho e Jorge Jesus não falaram antes, durante e no final do jogo com o FC Porto.