Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bryan Ruiz merecia levar amarelo? Rossi devia ter sido expulso? Houve penálti sobre Bas Dost? O que dizem os especialistas

O árbitro Fábio Veríssimo não esteve nos seus melhores dias, de acordo com a avaliação dos especialistas em arbitragem do “Jogo”, que comentam o encontro do Sporting e Boavista esta segunda-feira. O juiz da partida cometeu muitos erros

Expresso

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

No domingo, para vencer o Boavista, o Sporting foi obrigado a suar, a dar tudo, a pôr a alma em campo. O desgaste do clássico com o FC Porto a meio da semana veio à superfície, o que fez com o jogo fosse mais trôpego, com menos classe e menos rápido.

Os axadrezados não facilitaram nada à equipa de Jorge Jesus e o árbitro Fábio Veríssimo não esteve nos seus melhores dias, segundos os especialistas em arbitragem do “Jogo”, que comentam o encontro esta segunda-feira. Houve muitos erros por parte do juiz da partida.

Minuto 17 - Devia ter sido marcado penálti por empurrão de Rossi a Bas Dost?

Antes do penálti que decidiu o resultado do jogo (e que foi assinalado aos 26 minutos), houve outro penálti, também a favor do Sporting, que ficou por assinalar, segundo dois dos três especialistas em arbitragem do “Jogo”.

Caso Fábio Veríssimo tivesse tido tomado outra decisão, é bem possível que o encontro fosse menos a saga que foi para a equipa de Jorge Jesus. “Rossi foi ostensivo no empurrão sobre Dost, deitando-o ao chão e fazendo falta merecedora de penálti. Árbitro e VAR chutaram para canto”, defendeu Jorge Coroado no desportivo, em sintonia com a opinião de José Leirós.

Fortunato Azevedo, por sua vez, argumentou uma decisão contrária. “Bas Dost está a recuar e há um contacto natural e legal. Contacto físico, mas sem qualquer falta do jogador do Boavista”, escreveu.

Minuto 22 - Devia ter sido retirado o cartão amarelo a Bryan Ruiz?

Ainda mal o jogo tinha começado e Bryan Ruiz levou com um cartão amarelo, decisão que podia ter sido prejudicial para o desenrolar do jogo do Sporting. Fábio Veríssimo, mais uma vez, esteve mal na sua decisão, apontaram todos os especialistas em arbitragem do “Jogo”.

“O cartão deveria ter sido retirado porque não se trata de uma entrada negligente ou violenta”, apontou Fortunato Azevedo.

Minuto 45 - O amarelo visto por Rossi devia ter sido vermelho direto?

O Sporting podia ter ido para o intervalo a ganhar por 2-0 e o Boavista com um jogador a menos, não fossem as decisões erradas de Fábio Veríssimo no encontro.

Já em cima do minuto 45, Rossi fez uma falta perigosa - e podia ter sido mesmo expulso. “Na fronteira da expulsão, Rossi foi negligente na disputa da bola, jogando-a com um pé e atingindo o jogador com o outro”, escreveu José Leirós.

“Rossi utiliza as pernas com uma força excessiva, colocando em perigo a integridade de Acuña. Falta grosseira para vermelho direto”, segundo Fortunato Azevedo.