Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bem-me-quer, mal-me-quer: a continuidade de Jesus depende da relação com BdC

A saída antecipada de Jesus de Alvalade ainda não é certa e dependerá, em grande parte, do que acontecer até ao final da época no Sporting - da forma como a relação entre Bruno de Carvalho e Jorge Jesus sarar

Expresso

AMIGOS PARA SEMPRE. Bruno de Carvalho já afirmou que vai manter Jorge Jesus como treinador do Sporting, algo que Pedro Madeira Rodrigues não fará

José Coelho/Lusa

Partilhar

A permanência de Jorge Jesus em Alvalade na próxima época ainda não é certa, apesar do treinador português ter mais um ano de contrato com o Sporting. Parte desta dúvida deve-se ao facto da relação entre Bruno de Carvalho e JJ ter ficado abalada, depois do imbróglio gerado pelo presidente na derrota com o Atlético de Madrid, na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.

Segundo o “Record” esta quinta-feira, Jesus e BdC encontraram-se esta semana para discutir a situação atual do clube - que ainda pode conquistar a Taça de Portugal - e clarificar alguns pontos ainda sobre as desavenças internas com o plantel.

Nesta reunião, que durou cinco horas, estiveram ainda Carlos Vieira, Rui Caeiro, Guilherme Pinheiro e André Geraldes, elementos do estado-maior da SAD.

A saída antecipada de Jesus em Alvalade, segundo o desportivo, ainda não é certa e dependerá, em grande parte, do que acontecer até ao final da época - da forma como a relação entre BdC e JJ sarar e os objetivos do clube alcançados.

As duas figuras cimeiras do Sporting concordam, pelo menos, em dois pontos: o Sporting precisa de conquistar conquistar a Taça de Portugal e alcançar o 2º lugar na Liga - ou seja, terá de derrotar o Benfica no clássico.