Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Sérgio Oliveira: “Em condições normais, teríamos sido campeões há muito mais tempo”

Segundo o médio do FC Porto, o título conquistado este anos pelos dragões teve um sabor “muito especial”, até porque “ninguém está habituado a estar tempo tempo sem ganhar no FC Porto”

Expresso

MIGUEL VIDAL/LUSA

Partilhar

No azar de Danilo Pereira esteve a sorte de Sérgio Oliveira. Após a lesão do primeiro, o segundo tornou-se titular indiscutível na equipa de Sérgio Conceição.

Em entrevista ao “Jogo” esta quarta-feira, o médio confessa que o título conquistado pelo FC Porto teve um sabor “muito especial” - “o mais importante dos últimos 20 anos” -, até porque “ninguém está habituado a estar tempo tempo sem ganhar no FC Porto”.

“Em condições normais, teríamos sido campeões há muito mais tempo. Foi complicado, porque tivemos de jogar por nós, contra a equipa que é nossa adversária nesse dia e contra muitas coisas. Mas, no final, acabou por ganhar o melhor”, disse Sérgio Oliveira.

Ainda na mesma entrevista, Sérgio Oliveira fez questão de deixar elogios a Sérgio Conceição. “Quando jogava, ele tentava transmitir essa paixão pelo jogo e era isso que estava a precisar, porque me estava a faltar”, confessou.

Um jogador tem de jogar para poder demonstrar aquilo que vale, defendeu. “Se o fizer apenas a espaços, torna-se complicado. Jogar com regularidade ajudou-me imenso e acredito que, nesta parte final, consegui mostrar que estou um jogador feito e maduro”, explicou.