Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Brahimi: “Passar quatro anos sem ganhar nada é lixado”

Questionado sobre uma possível saída do FC Porto no final desta época, Brahimi não quis revelar o seu futuro. “Sobre isso não falo. Sou do FC Porto e quero festejar, nada mais”, afirmou.

Expresso

Brahimi falhou um penálti contra o Paços de Ferreira e o FC Porto perdeu

MIGUEL RIOPA/GETTY

Partilhar

Brahimi chegou ao FC Porto logo após a vitória do primeiro campeonato do tetra do Benfica. Ou seja, foram precisos quatro anos para o argelino provar o sabor doce de ser campeão. Em entrevista ao “Jogo” esta quinta-feira, o extremo do FC Porto confessa o alívio do triunfo conseguido sob a orientação de Sérgio Conceição. “Parecia que tinha 300 quilos nas costas, mas hoje estou muito mais leve e feliz”, diz.

Segundo o jogador, todo o plantel sofreu muito “ao longo desta época”. “Vim para cá para ganhar tudo e passar quatro anos sem ganhar nada é lixado, mas este título tem um sabor especial porque foi contra tudo e contra todos”, frisou.

Durante a entrevista, Brahimi fez questão também de lembrar as várias reviravoltas que o campeonato teve.

“Depois de termos ganho no Dragão contra o Sporting, ficámos com oito pontos de vantagem e todo o mundo pensava que já está feito. E não foi nada disso. Três ou quatro jogos depois, na sequência das derrotas contra o Paços de Ferreira e o Belenenses, estávamos em segundo, e aí muita gente pensava que íamos cair, mas temos um grupo fantástico, mentalmente muito forte, e conseguimos dar a volta”, lembrou.

Questionado sobre uma possível saída do FC Porto, Brahimi não quis revelar nada sobre o seu futuro. “Sobre isso não falo. Sou do FC Porto e quero festejar, nada mais”, afirmou.