Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Cá vamos nós outra vez: pai de Neymar já disse ao PSG que ele quer sair

Segundo a “Marca” esta sexta-feira, o brasileiro reconhece que equivocou-se ao assinar por uma equipa num campeonato menor como o francês

Expresso

Neymar. O brasileiro, de 25 anos, é o terceiro melhor futebolista da atualidade e o mais bem posicionado para suceder a Ronaldo e Messi

FOTO FRANCK FIFE/AFP/Getty Images

Partilhar

No verão passado, tudo começou assim: o pai de Neymar, que também faz de agente do jogador, avisou o Barcelona que o filho queria mudar-se para o Paris Saint-Germain. Os catalães não facilitaram o negócio, mas os 222 milhões de euros que entraram nos cofres do clube acabaram por falar mais alto. Passado um ano, o filme repete-se.

De acordo com a “Marca” esta sexta-feira, o pai de Neymar já fez saber aos responsáveis do clube francês que o jogador brasileiro quer sair, para regressar a Espanha, mas, desta vez, para representar o Real Madrid.

Estará em cima da mesa um negócio de 260 milhões de euros. Neymar tem contrato com o PSG até 2022.

Segundo o desportivo, o brasileiro reconhece que equivocou-se ao assinar por uma equipa num campeonato menor como o francês e que não se habituou ao balneário da equipa, onde não mantém uma boa relação com o seu núcleo duro.

Neste momento, falta saber-se qual será a reação de Hamad Al-Thani, xeique do Qatar e verdadeiro dono do clube a que preside Al Khelaifi.

Ao longo do último ano, lembremos, foram várias as notícias que deram parte que Neymar estaria arrependido de se ter mudado para Paris.

Além disso, um PSG cheio de dinheiro não se mostrou capaz de afastar os merengues na Liga dos Campeões. Desta época, Neymar levará como título máximo o campeonato francês.