Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“AS”: PSG tenta Cristiano Ronaldo com salário anual de 45 milhões de euros

O máximo que Al Khelaifi, líder do Paris Saint-Germain, está disposto a pagar pelo português de 33 anos são 150 milhões de euros, escreve o “AS”

Expresso

Novamente por terras norte-americanas, em agosto de 2012, Ronaldo tentou outro pontapé acrobático, agora contra os Los Angeles Galaxy...

Kevork Djansezian/Getty

Partilhar

Para levar Cristiano Ronaldo para a capital francesa, o Paris Saint-Germain está disposto a oferecer-lhe um salário anual de 45 milhões de euros… o mesmo que Lionel Messi ganha no Barcelona, escreve o “AS” esta quarta-feira.

O clube francês, contudo, não pretende ultrapassar nenhum valor recorde, como fez com Neymar, para levar o português até Paris. Cristiano Ronaldo, recordemos, tem uma cláusula de rescisão de mil milhões de euros - um valor inalcançável para qualquer clube do mundo.

Segundo o “AS”, o máximo que Al Khelaifi está disposto a gastar pelo português de 33 anos são 150 milhões de euros - valor, na teoria, insuficiente para convencer os representantes merengues. Contudo, caso se dê o cenário de Neymar rumar a Madrid, a saída de CR7 poderá ser facilitada.

Neste momento, o futuro de CR7 em Madrid ainda é incerto e as suas declarações no final da Liga dos Campeões - “Foi muito bonito estar em Madrid.” - aumentaram ainda mais a especulação em torno de uma possível transferência.

De acordo com o desportivo espanhol, o PSG já comunicou ao Real o desejo de contratar o português.