Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Sauditas tentam Jesus com salário de sete milhões por ano

Esta segunda-feira, a imprensa italiana aponta Jorge Jesus como um possível candidato ao lugar deixado vago por Zinedine Zidane no Real Madrid

Expresso

lusa

Partilhar

Desde sábado que têm vindo à superfície várias notícias contraditórias sobre o futuro de Jorge Jesus - se este rescindiu contrato por justa causa ou não com o Sporting, se foi ou não despedido por Bruno de Carvalho -, mas só uma se parece suster no ar sem ser abalada: JJ é muito desejado na Arábia Saudita.

De acordo com a “Bola” esta segunda-feira, o Al-Hilal está disposto a pagar o salário exorbitante de sete milhões de euros por ano e oferecer-lhe um contrato por duas épocas, para garantir o treinador português. A confirmar-se este valor, JJ entraria diretamente para grupo muito exclusivo dos oito treinadores que mais ganham no mundo.

A “Bola” garante também que JJ irá rescindir contrato com o Sporting muito em breve, de forma a ter mais opções para o seu futuro.

Ao mesmo tempo, também esta segunda-feira, a imprensa italiana aponta Jorge Jesus como um possível candidato ao lugar deixado vago por Zinedine Zidane no Real Madrid.