Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Se BdC não arranjar nenhum substituto para Jesus, Augusto Inácio poderá vir a ocupar o lugar de treinador

Augusto Inácio, atual diretor geral para o futebol do Sporting, poderá vir a ocupar o lugar deixado vago por Jorge Jesus, escreve a “Bola” este sábado

Expresso

Amr Dalsh

Partilhar

Caso Bruno de Carvalho não encontre nenhum treinador ao nível de Jorge Jesus e do seu agrado, Augusto Inácio, atual diretor geral para o futebol do Sporting, que veio ocupar o lugar deixado vago por André Geraldes depois deste ter sido constituído arguido no processo Cashball, poderá ocupar o lugar vago no banco de suplentes do Sporting.

Com o rebuliço interno que o Sporting vive e os relatos de pressão e ameaças, BdC não está a ter a vida facilitada para convencer um novo treinador a ocupar o lugar de Jesus, que se mudou para a Arábia Saudita.

Tanto Sá Pinto como Scolari, escreve a “Bola” este sábado, já deram negas ao presidente leonino.

De acordo com o desportivo, a solução mais prática para o Sporting pode mesmo estar “dentro de casa”: Augusto Inácio, que já orientou o Sporting no passado e faz parte do grupo de contratações do Sporting no último mês para lidar com a crise interna, poderá regressar ao lugar de treinador, se BdC não ficar satisfeito com nenhum dos candidatos “disponíveis”.