Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Membros do conselho de fiscalização do Sporting alvo de ameaças nas redes sociais

“Ameaçaram, mas com perfis criados em maio”, revelou a advogada Rita Garcia, em declarações ao “Correio da Manhã”. “Será preciso um pouco mais para me intimidar”, garantiu

Expresso

Partilhar

Rita Garcia, João Duque e Henrique Monteiro, três dos membros do Conselho de Fiscalização que suspendeu ontem Bruno deCarvalho de funções como líder do Sporting, receberam várias ameaças e pressões, via redes sociais, nas últimas horas, avança o “Correio da Manhã” esta quinta-feira.

“Ameaçaram, mas com perfis criados em maio”, disse ao “CM” a advogada Rita Garcia, acrescentando: “Será preciso um pouco mais para me intimidar.”

Ouvido pelo matutino, Henrique Monteiro, jornalista e ex-diretor do Expresso, contou também ter “recebido uns tweets estranhos”.

“Se estou a ser perseguido? Não! Só tenho recebido umas ameaças que nem sei de onde vêm... Uns tweets estranhos... Chamam-me golpista, escrevem: ‘A tua hora também vai chegar!’”, disse.

Para Henrique Monteiro, receber ameaças não é um novidade, lembrou. “Na minha vida, já tive outros casos, outros problemas... É evidente que há aqui uma parte da Juve Leo, como se viu em Alcochete, que é tudo menos saudável! Mas não acredito que a via de dirigir problemas dentro de um clube seja à paulada. Isto é uma tentativa de intimidação para que a comissão pare o seu trabalho. Mas não têm sorte: deram com um conjunto de pessoas que não se deixam intimidar! E fica um aviso: ‘Se chegar a algo mais grave teremos de chamar a polícia, mas não tenho a certeza de que algumas destas pessoas existam.’”