Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Federer sobe à liderança no ténis mundial, mas só a mantém se vencer em Halle

O português João Sousa, que hoje entra em ação no torneio de Halle, frente ao holandês Robin Haase (43.º), subiu uma posição e é 47.º.

Lusa

Simon Hofmann

Partilhar

O suíço Roger Federer foi hoje confirmado como novo líder do ‘ranking’ mundial de ténis, à frente do espanhol Rafael Nadal e depois de ter chegado à final do torneio de Estugarda, que viria a vencer.

O suíço, que completará 37 anos em agosto, precisa, no entanto, de vencer o torneio de Halle, que se inicia hoje, se quiser manter-se na liderança, caso contrário será Nadal a regressar ao topo.

Os dois tenistas estão separados na hierarquia ATP por apenas 150 pontos.

Na classificação, destaque ainda para a troca de lugares entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o croata Marin Cilic, com o primeiro a subir ao quinto lugar e o segundo a cair para a sexta posição.

O português João Sousa, que hoje entra em ação no torneio de Halle, frente ao holandês Robin Haase (43.º), subiu uma posição e é 47.º.

Distante de João Sousa segue o segundo mais bem classificado português, Gastão Elias, no 117.º posto, enquanto Pedro Sousa é 131.º na hierarquia do ténis mundial.

Em femininos, a romena Simona Halep continua destacada na frente, numa classificação WTA em que o top-10 se manteve inalterado.

A tenista portuguesa mais bem classificada é Inês Murta, num distante 608.º posto, seguida por Michelle Larcher de Brito, em 638.º.