Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

De bicicleta para a Juventus? Negociações por CR7 avançam (com benção da Fiat)

A Juventus está disposta a oferecer a Cristiano Ronaldo 120 milhões de euros por um contrato de quatro anos, escreve a “Marca” esta terça-feira

Expresso

Claudio Villa - UEFA

Partilhar

Será por pouco, por mero acaso do destino, que Buffon e Cristiano Ronaldo, “o” guarda-redes histórico do futebol italiano e o seu némesis (se quisermos exagerar um pouco), não se irão cruzar na Juventus, em Turim, e vestir a camisa do mesmo clube, na próxima época. Isto porque Buffon está de saída e CR7 pode estar prestes a chegar a Turim e abandonar Madrid, num negócio que conta com a benção da marca de automóveis Fiat - e isto não é uma piada.

De acordo com a “Marca” e a “Bola”, as negociações para a saída de CR7 do Real Madrid estão a avançar e a Juventus é do agrado do jogador português. Ao que consta, o clube italiano está disposto a oferecer a Cristiano Ronaldo 120 milhões de euros por um contrato de quatro anos, ou seja, um salário de 30 milhões por ano.

O avançado português, lembremos, tem uma cláusula de rescisão de mil milhões de euros, mas Florentino Perez está disposto a negociá-lo abaixo desse valor, escreve a “Marca”.

Segundo o “Tuttosport”, há três clubes que podem contratar CR7: Manchester United, PSG e Juventus. Porém, dos três, Cristiano Ronaldo parece ter preferência pelo italiano.

Segundo o desportivo italiano, Jorge Mendes já se sentou à mesa com o presidente da Juventus, Andrea Agnelli, e com o presidente do grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles), John Elkann. O envolvimento financeiro do grupo FCA, note-se, será crucial para a Juventus pensar (ter poderio financeiro) em ter o madeirense no seu plantel.

Cristiano Ronaldo tem contrato com os “merengues” até 2021, mas o português tinha deixado a porta aberta à saída em aberto depois de conquistar a sua terceira Liga dos Campeões seguida, em Kiev, a 26 de maio. “Foi bonito jogar em Madrid”, disse CR7, na época.