Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Este Sporting é uma viagem no tempo: Cintra, Peseiro e, agora, Nani

Depois de ter abandonado Alvalade em 2015, Nani representou o Fenerbahçe por uma época e depois e acabou por ingressar no Valencia. Na época passada, foi emprestado à Lazio

Expresso

FRANCK FIFE/Getty

Partilhar

O tempo dá muitas voltas: Sousa Cintra foi presidente do Sporting entre 1989 e 1995. José Peseiro foi treinador de 2004 a 2006. Nani jogou no Sporting entre 2005 e 2007, e depois em 2014/55.

Em 2018, o tempo e a vida (dentro do clube de Alvalade) fez das suas: Sousa Cintra regressou para liderar a SAD do clube, depois da demissão de Bruno de Carvalho; Peseiro chegou para substituir o lugar deixado vago por Jorge Jesus; e Nani, depois de uma má experiência no Valência, também estará quase a regressar, dizem os desportivos.

E ainda mais uma coincidência cósmica: foi Peseiro que lançou Nani no Sporting.

De acordo com o “Record”, Nani está em Lisboa desde quinta-feira a negociar o seu regresso a Alvalade. Apesar de ainda ter um ano contrato com o Valência, Nani não faz parte dos planos do clube para a próxima época.

Para vir para o Sporting, Nani terá que baixar o seu salário; ainda assim, o jogador está disposto a fazer esse sacrifício, para ter oportunidade de jogar. Em Lisboa, além da estabilidade familiar, contaria com o apoio indefetível dos adeptos, uma realidade que sentiu na sua anterior passagem pelo Sporting há três anos, escreve o desportivo.

Depois de ter abandonado Alvalade em 2015, Nani representou o Fenerbahçe por uma época e depois e acabou por ingressar no Valencia. Na época passada, foi emprestado à Lazio.