Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

Cristiano Ronaldo não vai regressar a Alvalade: “Quero retirar-me no clube do meu coração, o Real Madrid”

O internacional português confessa que “não esperava ficar tanto tempo” no Real Madrid, para onde se transferiu em 2009, mas acrescenta que quer acabar a carreira nos merengues: “É o clube do meu coração”

Expresso

Comentários

Cristiano Ronaldo está no Real Madrid desde 2009

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty

Partilhar

Foram duas épocas no Andorinha, duas épocas no Nacional, seis épocas no Sporting - onde começou a ser profissional - e seis épocas no Manchester United, mas “o clube do coração” de Cristiano Ronaldo não é nem português, nem inglês.

“Não esperava ficar tanto tempo. Mas já disse que me quero retirar no Real Madrid. É o clube do meu coração. Dá-me troféus individuais, coletivos... O que mais quero é renovar com o Real Madrid e continuar aqui por muito mais anos”, confessou o capitão português em entrevista ao jornal espanhol “Marca” de sexta-feira (AQUI).

O desejo de Ronaldo vai contra a esperança de Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, que também tinha dito ao mesmo jornal, no mês passado, que gostava que o jogador voltasse a Alvalade. “O meu objetivo é que Ronaldo acabe a carreira no Sporting”, disse então.

Ronaldo diz-se feliz em Madrid, onde vive e bate recordes desde 2009. “Nunca esperei chegar aos números que consegui. Sabia que este era o maior clube, mas nunca pensei superar Di Stéfano, Raúl... Foi fantástico e incrível. A minha motivação é continuar a fazer história no melhor clube do mundo”, explicou.

Ronaldo aproveitou também para ressalvar que se considera o melhor do mundo, porque trabalha para sê-lo, e diz que a época passada foi a melhor da sua carreira, a nível individual e coletivo. “O meu sonho sempre foi ganhar algum troféu com o meu país, com Portugal. Ainda por cima ganhando antes a Liga dos Campeões com o Real Madrid... Foi um sonho conquistar ambos os títulos no mesmo ano. Tal como o prémio de melhor goleador da Champions e melhor jogador da UEFA... Foi um ano espetacular”, acrescentou.

Sobre Zinedine Zidane, Ronaldo só disse coisas boas, deixando nas entrelinhas que o treinador atual tem uma personalidade bem diferente da de Rafa Benítez. “Era jogador antes, conhece bem o Real Madrid e os jogadores da época de Ancelotti. Ser antigo jogador é uma vantagem e ajudou-nos muito. Zizou é muito tranquilo, muito profissional, gosta muito de trabalhar. E ouve, o que é uma vantagem”.