Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

TAD também dá nega a Cristiano Ronaldo e mantém os cinco jogos de suspensão: “De injustiça em injustiça, nunca me derrubarão"

Depois da federação espanhola de futebol, agora foi o Tribunal Administrativo do Desporto a recusar o recurso do Real Madrid à suspensão do português

Expresso

Alex Caparros/Getty

Partilhar

Mais um revés para Cristiano Ronaldo e para o Real Madrid. O Tribunal Administrativo do Desporto (TAD) confirmou o castigo de cinco jogos aplicado ao jogador português, na sequência de um empurrão ao árbitro De Burgos Bengoetxea, durante a 1.ª mão da Supertaça espanhola, frente ao Barcelona.

Depois da federação espanhola ter confirmado a suspensão, desta vez foi o TAD a não dar razão ao recurso apresentado pelo Real Madrid e, assim, Cristiano Ronaldo vai mesmo falhar mais três jogos.

Antes da decisão do TAD, o Comité de Apelação já havia decidido não retirar ao jogador a sanção de um jogo pelos dois amarelos exibidos no encontro. Cristiano só deverá então voltar aos relvados frente ao Bétis, a 20 de setembro.

A reação de Cristiano Ronaldo chegou através das redes sociais: “Mais uma decisão incompreensível. De injustiça em injustiça, nunca me derrubarão. E como sempre voltarei mais forte. Obrigado a todos os que me têm apoiado”, escreveu.