Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

Daesh ameaça Mundial-2018... e Cristiano Ronaldo

Depois das ameaças a Lionel Messi, foi a vez de Cristiano Ronaldo ser ameaçado pelo autoproclamado Estado Islâmico

Lusa

A imagem publicada pelo Estado Islâmico

Partilhar

O grupo extremista autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) recorreu a uma imagem de Cristiano Ronaldo, que surge ajoelhado e ferido no rosto, para voltar a ameaçar o Mundial de futebol de 2018.

Na imagem, divulgada no site Intelligence Group, que monitoriza atividades do grupo, o futebolista português está ajoelhado, com sinais de agressão no rosto, à frente de um homem e sob a ameaça de uma faca.

"As nossas palavras são o que vimos e não o que ouvimos. Por isso, esperem. Nós também estamos à espera", refere a legenda do cartaz.

Esta nova ameaça, agora com Cristiano Ronaldo, surge depois de na última semana o grupo também ter divulgado uma imagem de Lionel Messi, com o argentino atrás de umas grades e com uma lágrima de sangue.

Têm sido várias as ameaças e há dias mostraram uma outra, na qual se via um combatente do grupo extremista com uma bomba à porta de um dos estádios que deverá acolher a competição, que decorrerá de 14 de junho a 15 de julho de 2018.

Segundo um relatório divulgado recentemente pelas agências de informações CIA e Soufan Group, a Rússia é o primeiro país de origem da maioria dos combatentes que se juntam ao Daesh.