Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

Ninguém se lembra de um golo assim. Mas Ronaldo já o tinha tentado

O talento de Cristiano é uma lenda desde os infantis, mas ninguém se lembra de o ter visto fazer um golo daqueles. O que parece certo que é Ronaldo treina há largos anos os pontapés de bicicleta. Leonel Pontes, que o treinou no Sporting, garante que o viu tentar marcar assim várias vezes

Marta Caires

O pontapé de bicleta de Ronaldo já em Turim, no treino de adaptação ao estádio da Juventus, na segunda-feira

Angel Martinez/Getty

Partilhar

Um golo assim não se esquece e quem jogou com Cristiano Ronaldo na Madeira não se lembra ter visto uma bicicleta tão perfeita como aquela de terça-feira à noite, no jogo entre Juventus e Real Madrid (0-3).

“Não me lembro de nada assim do género. Também não é fácil marcar um golo daqueles. Ele provavelmente nem volta a marcar um assim novamente”, diz à Tribuna Expresso Ricardo Santos, que foi colega do craque do Real Madrid nos infantis do Andorinha, clube onde Ronaldo começou a jogar e onde o pai, Dinis Aveiro, era roupeiro.

O talento do miúdo de Santo António, freguesia do Funchal onde cresceu, já era evidente aos sete anos e depressa se espalhou entre os jogadores das outras equipas e as pessoas ligadas às camadas do futebol jovem madeirense, em meados dos anos 90 do século passado.

Ainda assim, entre os miúdos que jogaram contra o capitão da seleção não há memória de um golo como o que se viu no jogo contra Juventus. Mas...

“Não me lembro de ter visto, mas é capaz de ter marcado”, admite David Fraga, ex-colega na seleção da Madeira e antiga promessa do futebol madeirense. Fraga “emigrou” para Lisboa e para jogar no Benfica na mesma altura em que o colega foi para o Sporting. Na verdade, a ideia de Ronaldo poder já ter marcado assim não é descabida, pois parece certo que há anos que treina golos de bicicleta.

Cristiano Ronaldo a tentar marcar através de um pontapé de bicleta contra os Philadelphia Union, na digressão norte-americana do Real Madrid em julho de 2011
1 / 11

Cristiano Ronaldo a tentar marcar através de um pontapé de bicleta contra os Philadelphia Union, na digressão norte-americana do Real Madrid em julho de 2011

NICHOLAS KAMM/GETTY

Nos quartos-de-final do Euro 2012, Ronaldo também tentou marcar de bicleta, contra a República Checa
2 / 11

Nos quartos-de-final do Euro 2012, Ronaldo também tentou marcar de bicleta, contra a República Checa

GETTY

Ronaldo não marcou de bicicleta, mas marcou de cabeça - e Portugal venceu 1-0
3 / 11

Ronaldo não marcou de bicicleta, mas marcou de cabeça - e Portugal venceu 1-0

GETTY

Novamente por terras norte-americanas, em agosto de 2012, Ronaldo tentou outro pontapé acrobático, agora contra os Los Angeles Galaxy...
4 / 11

Novamente por terras norte-americanas, em agosto de 2012, Ronaldo tentou outro pontapé acrobático, agora contra os Los Angeles Galaxy...

Kevork Djansezian/Getty

... mas não conseguiu marcar
5 / 11

... mas não conseguiu marcar

Angel Martinez

Outra tentativa pouco feliz, contra o Schalke 04, na Liga dos Campeões, em fevereiro de 2015
6 / 11

Outra tentativa pouco feliz, contra o Schalke 04, na Liga dos Campeões, em fevereiro de 2015

Getty

Em maio de 2015, contra o Valência, com André Gomes (ao fundo) e Fábio Coentrão (à direita) como espectadores, Ronaldo mostrou novamente o seu lado acrobático
7 / 11

Em maio de 2015, contra o Valência, com André Gomes (ao fundo) e Fábio Coentrão (à direita) como espectadores, Ronaldo mostrou novamente o seu lado acrobático

PIERRE-PHILIPPE MARCOU/GETTY

Contra a Hungria, em março de 2017, Ronaldo marcou dois golos na vitória portuguesa (3-0), mas nenhum deles de bicicleta
8 / 11

Contra a Hungria, em março de 2017, Ronaldo marcou dois golos na vitória portuguesa (3-0), mas nenhum deles de bicicleta

NurPhoto

Não é bem uma bicicleta, mas é um movimento igualmente acrobático de Ronaldo, contra o Barcelona, em agosto de 2017
9 / 11

Não é bem uma bicicleta, mas é um movimento igualmente acrobático de Ronaldo, contra o Barcelona, em agosto de 2017

Alex Caparros/Getty

O pontapé de bicleta de Ronaldo já em Turim, no treino de adaptação ao estádio da Juventus, na segunda-feira
10 / 11

O pontapé de bicleta de Ronaldo já em Turim, no treino de adaptação ao estádio da Juventus, na segunda-feira

Angel Martinez/Getty

Finalmente, a 3 de abril de 2018, um pontapé de bicicleta perfeito, no que será provavelmente o melhor golo do ano
11 / 11

Finalmente, a 3 de abril de 2018, um pontapé de bicicleta perfeito, no que será provavelmente o melhor golo do ano

Marco Canoniero/Getty

“Assim, tão perfeito, não vi, mas vi várias tentativas para fazer um golo assim, em treinos e em jogos”. Quem o diz à Tribuna Expresso é Leonel Pontes, antigo treinador de Ronaldo no Sporting e na seleção.

E a verdade é que segunda-feira, no treino de adaptação ao estádio da Juventus, Ronaldo já tinha tentado uma bicicleta, num momento que foi captado pelos fotógrafos (veja a fotografia no início deste texto).

“Aquele golo não é apenas sorte, é fruto de vários factores, mas sobretudo de um jogador que está bem, que se sente feliz, em forma física e psicológica”, assegura o ex-técnico do Sporting.

Não é coisa que aconteça todos os dias, Leonel Pontes reconhece que não. "Mas o Ronaldo é diferente, está noutro nível. Aredito que é capaz de voltar a fazer mais uma, duas, três vezes. O Ronaldo é capaz de bater os seus próprios recordes e feitos”.