Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

Ronaldo ultrapassa... Ronaldo: é o jogador português mais caro de sempre

Há nove anos, quando trocou o Manchester United pelo Real Madrid, Ronaldo passou a ser o português mais caro de sempre, estatuto que sai agora reforçado com a sua mudança para a Juventus, aos 33 anos

Tribuna Expresso e Lusa

ISABELLA BONOTTO

Partilhar

Cristiano Ronaldo reforçou esta terça-feira a liderança dos futebolistas portugueses mais caros de sempre, ao trocar o Real Madrid pela Juventus, por um valor estimado em 105 milhões de euros (ME), superando o recorde por si estabelecido há nove anos.

O internacional português troca os 'merengues' pelos 'bianconeri' ao fim de nove anos na capital espanhola, onde tinha chegado em 2009, proveniente do Manchester United. Na altura, o Real Madrid desembolsou 94 ME para resgatar Ronaldo aos 'red devils'.

De resto, essa era, até hoje, a transferência mais cara de um jogador luso, sendo agora superada pelo mesmo protagonista, que, desde que trocou o Sporting pelo Manchester United, em 2003, por 15 ME, já movimentou 209 ME em transferências.

O Bola de Ouro ocupa, assim, os dois primeiros lugares desta lista, à frente de Luís Figo, pelo qual o Real Madrid pagou, ainda em pesetas, o equivalente a 60 ME ao FC Barcelona, em 2000 -- então a transferência mais cara de sempre, que ajudou Florentino Pérez a ser eleito pela primeira vez presidente do Real Madrid.

Seguem-se Bernardo Silva, que, na época passada, se transferiu do Mónaco para o Manchester City, a troco de 50 ME, e Rui Costa, que deixou a Fiorentina para rumar ao AC Milan, em 2001, tendo os 'rossoneri' pagado 42 ME pelo 'maestro' luso.

O sexto posto é ocupado por João Cancelo, que será companheiro de Cristiano Ronaldo na Juventus. Na semana passada, o lateral, de 24 anos, que na última época esteve cedido pelo Valência ao Inter Milão, foi confirmado como reforço dos heptacampeões italianos, que pagaram 40,4 ME ao emblema 'che'.

João Mário (40 ME), André Gomes (35 ME) e Renato Sanches (35 ME) são os elementos que se seguem na lista dos portugueses mais caros de sempre, logo seguidos de Gonçalo Guedes, Fábio Coentrão, Danny, Pepe e Ricardo Carvalho, todos eles transferidos por 30 ME.