Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

Bruno Alves: “Hoje em dia não há adversários fáceis”

O jogador da seleção Bruno Alves admite que a equipa da Letónia, com quem Portugal jogou neste domingo à noite, foi um adversário difícil

Expresso

MÁRIO CRUZ/EPA

Partilhar

"Hoje em dia não há adversários fáceis. [A Letónia] é uma equipa que baixou muito as linhas, criou poucos espaços e onde é difícil entrar, mas fizémos um golo e depois eles empataram e depois conseguimos abrir e delatar o marcador".

Foi assim que Bruno Alves resumiu o jogo deste domingo à noite da Seleção Nacional contra à Letónia, o qual venceram por 4-1.

Para Bruno Alves, a Seleção tem grandes jogadores que também podem fazer a posição e tem confiança no treinador tal como o treinador tem confiança nos jogadores".

Mas não nega que tenha sido complicado. "Sofremos um pouquinho, mas o importante no final é a vitória e mais três pontos", disse ainda à RTP no final do jogo, acrescentando que "é sempre muito bom poder ajudar a seclação".

Ricardo Quaresma falou logo a seguir à RTP e partilha da mesma opinião.

"Não há jogos fáceis. Sabiamos que íamos ter um jogo complicado, que o adversário vinha para defender e ser um contra ataque, mas penso que a equipa esteve bem e controlámos sempre o jogo, criámos oportunidades e ganhámos o jogo e isso é que era o mais importante", comentou. "Conseguimos dar a volta e ganhar e era esse o nosso objetivo", finalizou.

Já William Carvalho,que marcou o golo do desempate e ajudou a dar confiança para marcarem depois mais dois golos e terminarem a ganhar por 4-1, disse estar muito satisfeito, principalmente porque surgiu quando o jogo estava empatado.

"O golo veio na altura certa, porque estavamos empatados, mas o mais importante foi contribuir para a vitória de Portugal", disse, mas admitindo que também sente um certo orgilho pessoal por ter marcado.

"É o meu primeiro golo pela selecção e é sempre maravilhoso fazer parte deste grupo e quero continuar a contribuir para o sucesso da selecção".

Ainda assim, também William Carvalho notou que o jogo foi complicado. "Sabíamos que ia ser um jogo difícil, que íamos encontrar um bloco baixo, mas conseguimos fazer uma grande segunda parte e cumprimos o nosso objetivo que era ganhar".