Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

A hora do Silva, i. e., do André e não do Bernardo

André Silva vai ser o parceiro de Cristiano Ronaldo na frente de ataque da seleção perante a Hungria, esta noite (19h45, RTP1). Bernardo Silva fica no banco. Confira o onze escolhido por Fernando Santos

Expresso

David Ramos/Getty

Partilhar

Não há Bernardo, mas há André. Fernando Santos escolheu apenas um dos "Silva" para o onze de Portugal perante a Hungria, tendo optado por dar a titularidade a Ricardo Quaresma, o que pode indicar uma mudança do 4-4-2 para o 4-3-3, com o jogador do Besiktas e Cristiano Ronaldo nas alas, ficando André Silva mais no centro.

Eis o onze de Portugal: Rui Patrício, Cédric, Pepe, José Fonte, Raphaël Guerreiro, William Carvalho, André Gomes, João Mário, Ricardo Quaresma, André Silva e Cristiano Ronaldo.

De fora, na bancada, ficam Cancelo e Neto, o que quer dizer que no banco estão Bruno Varela, Marafona, Nélson Semedo, Bruno Alves, Eliseu, Danilo, Renato Sanches, João Moutinho, Pizzi, Bernardo Silva, Gelson Martins e Éder.

O onze da Hungria é o seguinte: Gulácsi; Bese, Lang, Kádár e Korhut; Gera e Nagy; Dzsudzsák, Vinicius e Gyurcsó; Szalai.

No banco estão Dibusz, Megyeri, Adroján, Eppel, Lovrencsics, Kalmar, Pintér, Holman, Priskin, Sallai e Hangya.

Siga o jogo ao minuto na Tribuna Expresso, AQUI.