Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

O selecionador sueco tem a solução para parar Ronaldo: “Não lhe dar espaço”

Jan Andersson lançou o jogo particular de amanhã frente a Portugal, que será disputado no Funchal

Lusa

FRANCISCO LEONG

Partilhar

O selecionador sueco, Jan Andersson, considerou esta segunda-feira “difícil” o jogo particular frente a Portugal, na terça-feira, por defrontar o campeão europeu e uma das “melhores seleções mundiais”. O responsável técnico sueco reconheceu que o avançado Cristiano Ronaldo “é a grande figura” da equipa das quinas, advertindo que Portugal não é apenas o capitão.

“Vamos defrontar uma das melhores seleções do mundo, que é campeã europeia e que pratica um futebol de alto nível, comandado por Cristiano Ronaldo. No entanto, a equipa tem outros grandes jogadores, por isso a nossa atenção terá de se centrar no coletivo”, adiantou Jan Andersson, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

Já o capitão sueco, Andreas Granqvist, afirmou tratar-se de um jogo “muito complicado”, frente à seleção campeã europeia que, a par da França, são as que “praticam melhor futebol”.

Sobre Cristiano Ronaldo, o defesa frisou tratar-se “de um grande jogador, a quem não se pode dar espaço”, alertando, no entanto, para o coletivo que, segundo afirmou, trabalha muito.

Portugal e Suécia defrontam-se em jogo particular, na terça-feira, a partir das 19h45, no remodelado recinto do Marítimo.