Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

Fomos ao Ronaldo dos museus e vamos precisar de pelo menos três meses de fisioterapia

O Hermitage é um dos maiores museus do Mundo e nele está a maior coleção de quadros do planeta Terra. O desafio era simples: conseguir ver o mais possível em apenas um dia, porque ir a São Petersburgo e não ir ao Hermitage é como ir a Roma e, bem, vocês sabem o resto. É que o Hermitage não é grande: é um colosso. As nossas pernas sofrem, mas sobrevivemos à maratona

Lídia Paralta Gomes

Um dia no museu Hermitage

getty

Partilhar

A internet tem tudo, tudo mesmo, e uma pesquisa por “Quanto tempo é necessário para ver o Museu Hermitage?” traz-nos os mais variados resultados. Há quem diga que um dia safa a coisa, mas também quem se tenha dado ao trabalho de fazer contas, relacionando o número de peças em exposição com o número de minutos necessários em média para os ver e o número de horas que o museu está aberto por dia (o que dá para cima de um mês).

Mas, regra geral, a opinião é que dois ou três dias dão para ter uma perspectiva geral daquele que é um dos maiores museus do Mundo - só o Louvre de Paris tem mais área de exposição - e a maior coleção de quadros do planeta.

Pois entre jogos, treinos e viagens de avião por esta Rússia da Taça das Confederações fora, não temos dois ou três dias. Mas estar em São Petersburgo e não ir ao Hermitage é mais ou menos como ir a Roma e, bem, vocês sabem o resto...

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)