Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

Fernando Santos: “Há 63 anos nasci e Deus deu-me esta prenda”

Com o apuramento para o Mundial de 2018 garantido, o selecionador não faz promessas

Expresso

MIGUEL A. LOPES/ Lusa

Partilhar

Para Fernando Santos é simples: “é preciso jogar bem para ganhar”. E foi o que aconteceu esta de terça-feira. Após a vitória por 2-0 frente a Suíça, o selecionador nacional felicitou os jogadores, sublinhando que Portugal mostrou ter “qualidade para lutar contra qualquer equipa”.

Acreditava que íamos conseguir o apuramento. Confio nos meus jogadores. Há 63 anos nasci e Deus deu-me esta prenda. Os meus jogadores lutaram muito”, disse Fernando Santos em declarações à RTP no final da partida.

Agora com Portugal apurado, o selecionador não faz promessas para o Mundial. “Acredito nos meus jogadores, na qualidade, naquilo que podem fazer como equipa. E acho que eles há muito tempo confiam nisso. Há uma simbiose perfeita entre todos os jogadores e o treinador. Tiveram aqui 25 jogadores e todos tiveram um comportamento fantástico. Todos querem jogar. A comunhão que todos temos está a dar resultados”, concluiu.