Tribuna Expresso

Perfil

Seleção

Uma seleção sem Ronaldo e com muitas, muitas, muitas novidades

Fernando Santos anunciou os 24 escolhidos para defrontar a Arábia Saudita e os EUA, amigáveis marcados para 10 e 14 de novembro, em Viseu e em Leiria, respetivamente - e há muitas caras novas

Mariana Cabral

Não é frequente, mas Fernando Santos também sorri - especialmente quando qualifica Portugal para o Mundial

PEDRO NUNES/GETTY

Partilhar

Jogadores que nunca foram, jogadores que já foram, jogadores que já não vão há muito, muito tempo. Foi esta a convocatória de Fernando Santos para os amigáveis contra a Arábia Saudita e contra os EUA, marcados para 10 de novembro, em Viseu, e 14 de novembro, em Leiria, respetivamente.

Ou seja, é hora de dar lugar aos novos. "O que é importante é que seguimos uma linha já formada por nós, de ter uma grande abrangência de jogadores", explicou o selecionador sobre a convocatória de 24 jogadores que tem uma dezena de novidades em relação à última chamada contra Andorra e Suíça.

Sem Ronaldo e sem muitos dos habituais titulares, Fernando Santos chamou muitos jovens que integraram a seleção sub-21 e repescou alguns ausentes de longa data, como Manuel Fernandes.

Questionado sobre uma possível chamada de Rúben Dias, central do Benfica (que acabou por ser convocado para os sub-21, anunciados mais tarde por Rui Jorge), Fernando Santos respondeu com outro jovem. "Ou o Podence. Não é só o Rúben Dias, há quatro, cinco, seis jovens - muitos dos sub-21. Temos um contacto permanente e eles estão obviamente na nossa lista. Mas neste momento entendemos que são estes, noutro momento logo se vê", respondeu.

O selecionador também explicou a escolha dos adversários, com quem Portugal habitualmente não se cruza. "É um futebol que normalmente não defrontamos e é importante termos este contacto com o continente asiático e com o continente americano, porque podemos defrontá-los no Mundial", disse.

Convocatória

Guarda-redes - Anthony Lopes (Lyon), Beto (Goztepe) e José Sá (FC Porto)

Defesas - Antunes (Getafe), Edgar Ié (Lille), Kevin Rodrigues (Real Sociedad), João Cancelo (Inter), Luís Neto (Fenerbahçe), Nélson Semedo (Barcelona), Pepe (Besiktas), Ricardo Ferreira (SC Braga) e Ricardo Pereira (FC Porto)

Médios - Bernardo Silva (Manchester City), Bruno Fernandes (Sporting), Danilo Pereira (FC Porto), João Mário (Inter), Manuel Fernandes (Lokomotiv) e Rúben Neves (Wolverhampton)

Avançados - André Silva (Milan), Bruma (RB Leipzig), Eder (Lokomotiv), Gelson Martins (Sporting), Gonçalo Guedes (Valência) e Rony Lopes Mónaco)